Guarda prisional é preso por facilitar a entrada de drogas na Cadeia Pública de Arapongas

Segundo a investigação, o guarda recebia propina para permitir a entrada de ilícitos, que eram repassados aos presos pelo próprio servidor. Outras duas pessoas envolvidas também foram presas.

0
314
Guarda prisional é flagrado ao facilitar a entrada de drogas e outros ilícitos na Cadeia Pública de Arapongas -

Uma operação deflagrada pelo Departamento de Polícia Penal do Paraná (Deppen) na madrugada desta sexta-feira (25) resultou na prisão em flagrante de um guarda temporário prisional que tentava facilitar a entrada de drogas e outros ilícitos na Cadeia Pública de Arapongas, na região Norte. Outras duas pessoas envolvidas também foram presas. 

Segundo a investigação, o guarda recebia propina para permitir a entrada de ilícitos, que eram repassados aos presos pelo próprio servidor. Imagens de câmeras da unidade prisional captaram o momento em que pessoas entregavam pacotes com os materiais proibidos diretamente ao servidor que, em seguida, fazia a distribuição aos presos. 

“Rebemos informações da prática criminosa envolvendo a participação de um servidor. De pronto, iniciamos uma operação que envolveu diversos setores. Conseguimos interceptar o exato momento em que duas pessoas, um homem e uma mulher, faziam a entrega dos ilícitos ao guarda”, explicou o coordenador regional do Depen em Londrina, Reginaldo Peixoto. 

Dentro das sacolas que seriam entregues aos presos havia 24 gramas de substância análoga à cocaína, bebidas alcoólicas, alimentos não permitidos, além de R$ 1 mil que, segundo o casal, seria repassado ao agente prisional como pagamento. 

“O Deppen não tolera conduta criminosa por parte de agentes públicos, por isso vamos continuar combatendo com muita firmeza essas práticas ilegais. Temos realizado operações rotineiras na regional de Londrina, assim como nas demais regiões do Estado”, afirmou o coordenador. 

A Polícia Militar e a Guarda Municipal de Arapongas prestaram apoio no local. O guarda prisional, o casal e os materiais apreendidos foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Arapongas.

Agência Estadual de Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui