PCPR orienta como registrar Boletim de Ocorrência online por extravio ou perda de documentos

Objetivo da Polícia Civil é facilitar o acesso do cidadão a este serviço. Entre janeiro e outubro deste ano foram registradas mais de 122,9 mil ocorrências. Boletim deve ser feito o mais rápido possível, assim que a falta do documento seja notada.

0
83

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) possibilita que os cidadãos registrem Boletim de Ocorrência (BO) online para casos de extravio ou perda de documentos. Entre janeiro e outubro de 2022 foram contabilizadas mais de 122,9 mil ocorrências dessa natureza no Paraná, por isso a instituição visa facilitar o acesso da população a este serviço.

A principal orientação é que o BO seja feito o mais rápido possível, assim que a falta do documento seja notada. “É importante registrar o Boletim de Ocorrência para que a polícia tenha esta informação e, caso haja o uso indevido do documento, a PCPR estará ciente”, alerta o delegado e diretor do Instituto de Identificação, Marcus Vinicius Michelotto.

Para registrar o BO online, o cidadão deve acessar o site da PCPR (www.policiacivil.pr.gov.br/bo) e clicar na opção “Extravio ou Perda de Documento”. Será necessário fornecer dados pessoais, relatar quais foram os documentos extraviados e fazer uma descrição do fato ocorrido.

Caso não seja possível o registro online, o cidadão pode ir a uma delegacia da PCPR. Os endereços podem ser consultados no site da instituição.

2ª VIA DO RG  Com o BO em mãos, a pessoa poderá solicitar a segunda via dos documentos extraviados ou perdidos. No caso de Carteira de Identidade, a 2ª Via Fácil pode ser pedida através do site da PCPR.

Para o cidadão que tiver os dados digitalizados na PCPR ou no Detran, é possível fazer todo processo online e apenas será necessário ir ao posto de identificação para retirar a nova via do RG. No entanto, se os dados da pessoa não estiverem disponíveis, é preciso agendar um horário em um posto de identificação para atendimento presencial.

Caso outros documentos tenham sido extraviados ou perdidos, como passaporte ou CNH, eles deverão ser solicitados diretamente nos órgãos responsáveis por sua emissão.

Agência Estadual de Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui