PIS/Pasep: saiba o que fazer se perdeu o prazo para sacar o abono salarial em 2022

Trabalhadores que têm direito ao abono salarial mas perderam o prazo em 2022 ainda podem recorrer e obter os valores.

0
44

Trabalhadores que tinham direito ao abono salarial do Programa de Integração Social (PIS) ou do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) em 2022 e acabaram não realizando o levantamento das quantias, ainda podem receber o valor neste novo ano.

Para isso, os interessados deverão entrar com um recurso administrativo junto ao Ministério do Trabalho e Previdência, levando o caso à esfera federal para que a situação seja analisada e o valor então disponibilizado ao colaborador.

O prazo final para o levantamento da quantia do abono salarial PIS/Pasep em 2022, referente ao ano-base 2020, ocorreu na última quinta-feira (29), mas a solicitação via recurso poderá ser feita a partir de 15 de fevereiro de 2023, mesma data em que o acerto do abono salarial do ano-calendário 2021 está programado para começar.

O trabalhador pode recorrer ao saque do abono salarial por até cinco anos após o fim do prazo regular de retirada. Por isso, quem ainda não levantou a quantia em 2022, tem até 29 de dezembro de 2027 para solicitar.

O procedimento para receber os valores é o mesmo tanto para quem recebe pelo PIS quanto para quem tem direito pelo Pasep.

Após o início do recurso administrativo, o ministério precisa dar um parecer em até 30 dias. Em caso de aprovação, o abono salarial já é liberado no lote do mês seguinte.

Como solicitar o PIS/Pasep em 2023

Os trabalhadores podem entrar com o recurso administrativo presencialmente em alguma unidade do Ministério do Trabalho e Previdência. 

A partir do dia 15 de fevereiro, às Superintendências Regionais de Trabalho e Emprego (SRTE), Gerências Regionais do Trabalho e Emprego (GRTE), agências regionais, agências do Sistema Nacional do Emprego (Sine) e unidades móveis do trabalhador (UMT) começarão a fazer os requerimentos.

Quem preferir poderá solicitar por telefone no número 158, na Central Alô Trabalhador. Pelo aplicativo para smartphones da Carteira de Trabalho Digital também será possível fazer o pedido do recurso.

Notícias Contábeis

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui